A vivência internacional pode começar dentro da própria universidade

Neste mês de janeiro, 440 alunos, de 18 nacionalidades, desembarcaram no Brasil para um semestre letivo no campus de Belo Horizonte na SKEMA Business School. Outras centenas de alunos fizeram o mesmo nos outros 5 campi em 3 países – Estados Unidos, França e China.

Uma parte desses alunos está iniciando seus cursos na SKEMA – School of Knowledge Economy and Management, ou Escola da Economia do Conhecimento e da Gestão. A maioria deles vai continuar seus cursos em um país diferente do qual esteve no semestre passado.

Esse é um dos grandes diferenciais da SKEMA: o aluno pode fazer o curso, de graduação, mestrado ou doutorado, em mais de 1 país – o que inclui o período de estágio também, obrigatório em vários dos programas da escola.

O modelo de ensino globalizado da SKEMA proporciona ao aluno a oportunidade de descobrir novas culturas, aprender com professores e colegas de outras nacionalidades, praticar outros idiomas e ter a experiência do contato direto com o mercado de trabalho de outros países, em diferentes indústrias e áreas profissionais.

 

 

DSC_0519

No Welcome Day deste primeiro semestre de 2019, no evento de recepção a esses 440 estudantes, a Reitora da SKEMA Brasil, Prof. Dra. Geneviève Poulingue falou sobre a filosofia da escola, do modelo inovador de ensino da SKEMA, que é uma universidade voltada para a economia do conhecimento e que promove a mobilidade internacional dos alunos entre os seus campi e nas mais de 100 universidades parceiras em várias partes do mundo.

Conheça a seguir outros diferenciais do ensino da SKEMA, nas palavras da Geneviève.

ESTUDANTES PROTAGONISTAS DO SEU PRÓPRIO DESENVOLVIMENTO

Geneviève compara o papel do aluno da SKEMA no seu processo de aprendizado:

“Nas universidades tradicionais, a escola transmite o conhecimento. Na SKEMA, o aluno é estimulado a ser proativo. Por melhores que sejam nossos professores, nada substitui a participação do aluno.”

“Temos essa filosofia porque esperamos mais dos nossos estudantes: que sejam mais proativos e protagonistas de seu próprio desenvolvimento humano e profissional. Ou seja, que participem do curso, que contribuam com melhorias e que transformem esses conhecimentos em experiências.” acrescenta a professora.

 

 

FORMAÇÃO DE EXECUTIVOS GLOBAIS

Uma das metas da SKEMA é que seus alunos cheguem ao mercado de trabalho com seus potenciais já bem desenvolvidos, para que possam ser competitivos e bem-sucedidos nas diferentes áreas e profissões que uma formação em negócios possibilita atuar.

A SKEMA entende que o mundo globalizado abre oportunidades de trabalho em ótimas empresas para quem saiba identificá-las e busca conhecimentos para aproveitá-las e também para quem quer inovar e construir um negócio. Já em seu processo de admissão, a SKEMA seleciona estudantes com esse perfil, que tenham essas perspectivas.

 “A nossa escola identifica pessoas abertas e interessadas em transformar essa vivência em crescimento. Neste semestre, assim como em todos os outros, estamos recebendo um grupo com grande potencial para crescer muito como pessoas e profissionais globais. Vamos oferecer experiências únicas para que todos possam alcançar esse objetivo”, diz Geneviève.

“Procuramos capacitar nossos alunos para que sejam cidadãos do mundo, para que se tornem profissionais preparados, tanto para atuar em grandes multinacionais quanto para quem quer empreender e ter seu próprio negócio, em qualquer lugar do planeta. Essa é a razão de promovermos esse intercâmbio entre pessoas de origens diferentes, fora de seus países”, completa a Reitora da SKEMA Brasil.

 “Queremos jovens prontos para aprender e felizes em descobrir.”

Há muito mais sobre a SKEMA que você precisa saber… seu filho merece essa oportunidade!

Acesse: http://bit.ly/2RatQR4

 

 

 

 

Deixe uma resposta