Como se preparar e preparar seu filho para o intercâmbio

O momento em que uma nova fase se inicia é sempre cheio de dúvidas e medos. Quando o assunto é intercâmbio, essas duas questões incomodam os jovens, mas também trazem grandes reflexões para os pais.

Como será esse processo? Como faremos para nos adaptar? Para qual país devo ir? Devo permitir que meus filhos escolham para onde ir? Até que ponto a decisão é minha? Qual o melhor momento? Será que essa é a melhor escolha? São tantas perguntas que chega a dar um frio na barriga só de pensar, não é?

Avaliar cada uma dessas questões é muito importante, mas também é necessário compreender que, apesar de todos os receios, o intercâmbio é uma decisão que pode ser o início de um futuro de muitas conquistas valiosas.

Para tranquilizar vocês pais, e ajudar vocês jovens nessa importante escolha, vamos responder algumas dessas perguntas.

 

 

A hora da decisão

Independentemente do país de escolha dos seus filhos, muitos pais têm algum receio misturado com emoção quando a oportunidade de ir para o exterior se torna uma realidade.

A dúvida se o melhor é ficar no aconchego do lar, ou vivenciar uma nova experiência paira no ar, e a família precisa enfrentar essa novidade com sabedoria.

A dica para os pais é: analise a faculdade para onde seu filho vai, converse com o responsável pela instituição, busque saber sobre o destino (cultura, história, situação política do país etc). Conheça quem serão os solucionadores de problemas e cuidadores de seus filhos nessa viagem.

Além disso, busque sempre pensar com sabedoria no que aquele passo representa para o futuro, sem apego. Assim, você irá enxergar tudo de bom que eles irão adquirir com a viagem, como independência, conhecimento, amadurecimento, multiculturalismo e, principalmente, a possibilidade de conquistar uma carreira de sucesso.

Para os filhos: escolha o curso que pode te oferecer a chance de um futuro promissor, a faculdade que te auxilie nessa jornada e não te deixe sozinho quando aterrissar no seu novo destino e, principalmente, não tenha medo de voar, aceite esse desafio e viva cada momento dele, se dê a chance de aprender todos os dias algo novo.

 

Chegou o momento, como estar pronto?

Antes de mais nada: fiquem juntos! Pesquisem mais sobre o país, preparem o coração para a despedida, sejam criativos, pensem em roteiros, em possibilidades, em tudo que essa novidade pode trazer de positivo. Aos pais: estimule a flexibilidade para que o processo de adaptação de seus filhos seja o mais tranquilo possível.

Estejam preparados emocionalmente para que esse momento não seja tão doloroso e divirtam-se com essa possibilidade de construção de um futuro cheio de grandes promessas.

 

Começou… chegou a hora de se estabelecer no exterior.

Vamos lá, antes de mais nada… CALMA! Como qualquer mudança, a ida para o exterior é carregada de expectativas e uma dose de ansiedade, mas agora você já chegou ao destino, e a única coisa que se pode fazer é enfrentar os primeiros obstáculos e se adaptar.

Do outro lado do mundo, provavelmente, os pais vão estar roendo as unhas com receio de como será a recepção de seus filhos no exterior (é aí que entra aquela dica que a gente deu lá em cima sobre escolher a faculdade certa) mas, de qualquer maneira, pode ficar tranquilo, porque são vários estudantes que estão na mesma situação e vão se ajudar durante esse processo.

 

Superando a distância

Essa é uma dica valiosa…. Não deixe a distância afastar vocês! Liguem, por voz, por chamadas de vídeo, e se não der para ligar, mandem mensagem sobre o dia a dia, troquem fotos, relatem as novidades e dividam as experiências, sejam elas positivas ou não. Assim a distância ficará menor e a ausência será bem menos dolorosa.

Tudo isso costuma acontecer naturalmente, porque ao sair de casa, os filhos começam a valorizar mais o papel dos pais e vice-versa, trazendo muito mais harmonia e maturidade para essa relação que já existe há um bom tempo.

Tornem a convivência agradável, sejam grandes amigos, assim ficará mais fácil. Além disso, basta pensar no quanto essa experiência será enriquecedora e capaz de mudar o rumo da vida de toda a família e, principalmente, desse jovem que decidiu fazer do seu sonho uma realidade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Enfim, o mais importante de tudo é se informar e conversar a respeito. Ter todo o conhecimento sobre o intercâmbio que for escolhido, antes e durante a viagem. Faça suas perguntas, esclareça dúvidas, peça conselhos, diga o que te preocupa. Assim, a gente garante que será tudo ainda melhor do que o esperado!

 

Ainda não sabe qual intercâmbio escolher? Conheça a SKEMA, a escola de negócios internacional que oferece conforto, qualidade e segurança nesse momento tão importante da vida de uma família.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta